- Segurança: o jogador não corre o risco de sofrer ou causar acidentes ou ser roubado enquanto procura os monstrinhos.

- Captura de monstrinhos em lugares remotos: dependendo da localização do jogador nem sempre é possível encontrar os Pokémons mais raros, pois eles podem estar a dezenas de quilômetros de distância. Usando o simulador de GPS e mais um mapa com a posição dos Pokémons, é possível capturá-los a distância.

- Aumentar a quantidade de PokéStops visitadas: além de capturar o maior número de Pokémons, uma das estratégias recomendadas é parar no maior número possível de PokéStops para recolher mais PokéBolas sem que para isso seja preciso comprá-las. As PokéBolas são importantes para aumentar a jogabilidade. Mas vale salientar que os PokéStops podem estar em locais de difícil acesso ou em propriedades particulares, nesse caso basta chegar o mais perto possível.

- Aumentar a força: as batalhas em ginásios permitem que o participante vencedor aumente o seu poder com as vitórias obtidas. E é por isso que coletar o máximo de monstrinhos, implica em aumentar o seu poder para as competições, e ampliar o seu nível de jogador.

- GPS com sinal fraco e economia da franquia de dados do celular: é necessário contar com uma franquia de dados de internet móvel com uma boa velocidade e um sinal forte do GPS. Usar um GPS fake possibilita que o jogador informe uma localização do local desejado, além de poder navegar na internet de casa para economizar os dados da franquia.

Os riscos

- Suspensão temporária da conta: os desenvolvedores do jogo já sabem que existem trapaceiros, e é possível identificar quando a localização dos jogadores está sendo simulada por aplicativos. Ainda não é oficial, mas existe a possibilidade de que em breve sejam criadas punições mais severas para quem estiver burlando as regras da competição. Os jogadores podem denunciar no site do desenvolvedor qualquer usuário que estiver supostamente trapaceando, e dessa forma acelerar o processo de verificação e suspensão temporária.

- Prejudicar a interatividade com outros jogadores: a maior inovação do Pokémon GO está na possibilidade de interagir presencialmente com outros jogadores quando se encontram para caçar monstrinhos pelas ruas. Quando isso não acontece, o jogo perde uma das suas maiores virtudes que é a socialização.

- Reputação online: existem jogadores que levam muito a sério o desempenho dos seus adversários, e quando um trapaceiro é identificado imediatamente o seu apelido ser divulgado em comunidades virtuais. E se comprovada a manipulação da localização para obter vantagem, esse jogador tende a ser hostilizado pelo grupo.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/blog/tira-duvidas-de-tecnologia/post/pokemon-go-saiba-os-riscos-e-vantagens-de-usar-gps-fake-para-simular-localizacao.html